quinta-feira, 25 de maio de 2017

Um medo de acabar para sempre isolado e nunca ninguém se importar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário