É muito comum percebemos que cada vez mais as pessoas não vivem em seus próprios termos. Assim gastam sua preciosa energia em uma vida que não amam e até mesmo em uma que odeiam.

Desde crianças é dito para nós que nossa forma de ser não é o caminho certo. Acabamos presos em um ciclo vicioso, falhando em tentar viver de acordo com o ideal de extroversão, e ao tentar outra coisa acabamos por falhar também.

Mais uma vez, a quase minha versão gringa a Michaela do Introvert Spring, criou um incrível post que explica bem esse grande problema que enfrentamos DIARIAMENTE. Eu tentei adaptá-lo para algo mais genérico, pois não apenas pode ser relacionado a introvertidos como outros tipos de personalidade também e conseguiu exemplicar o que hoje eu consigo enxergar. 

Essa mudança para viver em nossos próprios termos não é fácil, é um caminho longo que temos para educar a nós mesmos e as pessoas que convivemos. Porém, não podemos desistir de tentar. Nossa felicidade depende disso.

Por que não podemos simplesmente fazer parte?


A razão pela qual nossos esforços em se adaptar e viver de acordo com o ideal de extroversão falha, é que nosso sentimento interior nos diz para fazer o que é melhor para nós. Viver de acordo com os termos de outra pessoa não é o melhor para nós. Obviamente isso irá nos limitar e impedir que alcancemos nosso potencial e experimentar a verdadeira felicidade.

O que você mais irá se arrepender


Talvez, um dia, você simplesmente pense e perceba que existe algo de muito errado em tudo. Sua vida, seus relacionamentos. E que desperdiçou o melhor de seus anos tentando ser algo que não é, tentando agradar pessoas e um ideal que está longe de ser o melhor para você. E ai acabe achando que é tarde demais para recuar e não saberá mais o que fazer. 

Não podemos deixar que isso aconteça. Não podemos nos sentir mal a todo momento por ser quem nós somos e pior ainda tentar viver diferente disso. Precisamos abraçar nossa causa. Aprender a gostar de quem somos e experimentar como é bom poder viver em nossos próprios termos e em todos os dias de nossas vidas.

Como você pode começar a viver em seus próprios termos


Por você já estar por aqui, lendo isso, é um grande avanço. E quando tive (a autora e eu também) a chance de saber que não existia nada de errado comigo, ajudou bastante a começar a honrar minhas verdadeiras necessidades e desejos

Estou buscando ler bastante do assunto e encontrar outros que falem abertamente sobre esse temas. Cada vez mais minha esperança se renova, apesar de todos os contratempos tentarei o possível para ajudar a todos a se aceitarem mais. Espero que você faça parte dessa minha luta também!

adaptação: http://introvertspring.com/introverts-can-live-terms/
Axact

Dani Fuller

Idealizadora do blog, é tímida e introvertida e em 2012 iniciou a mudança radical de mentalidade que permitiu iniciar sua própria revolução do "Ser eu Mesmo". Seu objetivo é ajudar o maior número de tímidos possíveis a também conquistarem sua independência metal e aprenderem que é possível amar seu jeito único de ser.

Qual sua opinião sobre isso?

0 comments: