Como eu me libertei da crença que ser tímida é algo ruim?

sábado, 19 de outubro de 2019


  • Muitas vezes vemos tímidos e não tímidos não aceitando a timidez. Como eu me libertei da crença que considera timidez algo ruim?



Eu passei a maior parte da vida no grupo de TÍMIDOS QUE NÃO ACEITAM A TIMIDEZ.

Fui falar sobre isso hoje e no automático eu respondi que não adquiri nada tão ruim por agir assim. Que não cheguei a ter problemas psicológicos como a maioria. Só que isso não é bem verdade.

No momento que escrevo isso, eu tenho 36 anos, então a maior parte da minha vida eu agi diferente. E mesmo fazendo pouco tempo que aprendi a me entender, ler e aceitar, eu acabei considerando que foi uma outra vida o que passei antes.

>>⍈ COMO EU LIDO COM A TIMIDEZ ⍇<<

Lembro de muita coisa, mas os problemas mais graves, na hora de dar uma resposta, eu acabei ignorando. Eu apenas considerei que não passei por tantas coisas ruins, por não estar mais nessa situação.

Senti por toda a vida e até hoje sinto, consequências do que envolve a Timidez. É no que falam os amigos, a família, na escola, cursos e faculdade com professores, nas entrevistas de emprego, no trabalho, nos programas de tv, nas matérias dos sites.

E isso fez eu repensar muito. Existia algo realmente errado e não era comigo.

Eu achei um boletim escolar de quando eu tinha uns 4, 5 anos (Acho que eu entrei na escola com 2 anos) sei lá, era aquelas primeiras turmas que crianças participam. E ai tinha lá uma nota baixa de socialização, eu fiquei para morrer quando vi isso. O resto eram notas boas, mas estava lá a nota baixa em socialização gritando. Absurdo darem nota para isso ou colocar isso como algo negativo em primeiro lugar e para uma criança.

Imagina essa reação na época se entendesse o que aquilo significa? E o pior é isso se repetir. Também tive no diploma do curso de inglês algo nesse aspecto (só lembro dessas coisas por ter achando aqui recentemente isso), então foram diversas situações que nos pressionam quando estamos crescendo, depois no começo da vida adulta também. Ajudando a moldar a direção dos pensamentos e como aquilo faz você se enxergar.

Em 2012 eu encontrei o livro O Poder dos Quietos (ou talvez ele tenha me encontrado 😋), foi tudo se encaixando na minha cabeça, fazendo sentido. Sabe que foi como descobrir o grande mistério do universo 🤣🤣🤣🤣.



Pensei... minha nossa... estive sofrendo a vida toda por algo que não era problema e muito menos meu. Que desperdício. Timidez não era defeito. Estava me deixando levar por uma 'verdade absoluta' que foi se desenvolvendo nas pessoas e na sociedade. Quantas pessoas mais não estavam passando por isso?

>>⍈ COMO ENCONTRAR PESSOAS TÍMIDAS ⍇<< 

Antes do meu encontro com o livro, eu tinha me arriscado a ir em um encontro de pessoas tímidas. E ao estar próxima a essas pessoas, me senti tão bem, a vontade, consegui ficar confortável para falar, me expressar. Não estava preocupada com julgamento.

Ficou bem claro para mim que não era a timidez que me impedia de nada.

Eu me sentia sozinha no mundo antes, parecia que só eu passava por isso, e aí veio a ideia de criar os TÍMIDOS E SOLITÁRIOS. Precisava atrair essas pessoas e mostrar a elas que não estavam sozinhas, não eram problemáticas e não tinha nada de errado com elas 🥺.

Só que é um processo muito complicado. Para mim pareceu fácil depois, mas não foi. E tem muita gente que faz pouco caso disso. Não querem acreditar que o problema não está com a timidez. Parece que virou comum considerar tudo que é ruim para timidez. Você se acostuma a ouvir que está errado em ser tímido e fica por isso mesmo.

Tanto que tem pessoas que acham que são tímidas, mas na verdade sofreram algum trauma e que como sempre colocam algo ruim e negativo para timidez, é mais fácil dizer que é timidez ou é por causa da timidez que tudo dá errado na sua vida.

Já tem muito lugar e muita gente dizendo que você ser assim é algo ruim, não entendo para que confiar nisso. Por que não seguir o fluxo contrário?

Postar um comentário